Núcleo de Populações em Situações de Vulnerabilidade e Saúde Mental na Atenção Básica (Nupop)

 

Criado a partir do Grupo de Pesquisa Pop Rua – Políticas Públicas, Serviços e Dispositivos, o Nupop atua desde 2017 em ensino, pesquisa e extensão, tendo como linhas saúde mental na Atenção Básica, políticas públicas para população em situação de rua e populações em situações de vulnerabilidade. As principais populações com as quais o Núcleo trabalha são pessoas em situação de rua e pessoas em territórios vulneráveis.

 

Principais parcerias formalizadas:

✓ Universidades (UnB, Unifesp, Uerj, UFG e Ufal);

✓ Secretarias Municipais de Saúde (Maceió e Goiás Velho), Secretarias Estaduais de Saúde (Goiás, Rio de Janeiro e Distrito Federal), Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Sedes/DF) e Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan); 

✓ ONGs: Revista Traços, Instituto Inclusão e Coletivo da Cidade.

 

Projetos de pesquisa em andamento (com conclusão prevista para 2021/2022):

✓ A Revista Traços: street papers, cultura, trabalho e renda;

✓ Implementação e Avaliação do Plano de Ação Interinstitucional de Atendimento às Pessoas em Situação de Rua do Distrito Federal no Contexto da Pandemia de Covid-19 [financiado pelo Programa Inova Fiocruz];

✓ Territórios Saudáveis e Sustentáveis para População em Situação de Rua: construção de plataforma digital de georreferenciamento on-line para ofertas e serviços para população em situação de rua e construção de sistema on-line de gerenciamento de casos de pessoas em situação de rua entre o Sistema Único de Saúde (SUS) e o Sistema Único de Assistência Social (Suas) [financiado pelo Programa Inova Fiocruz];

✓ A Participação das Organizações da Sociedade Civil nas Políticas Públicas Sociais: um recorte na Cidade Estrutural;

✓ Estratégia de Saúde Mental e Atenção Psicossocial em Rede no Contexto da Covid-19 em Goiás Velho;

✓ Censo da População em Situação de Rua do Distrito Federal (em parceria com a Sedes/DF e a Codeplan).

 

Projetos de pesquisa já concluídos:

✓ Vivência do Sanitarista no Consultório na Rua (2019-2020);

✓ Análise das Condições de Incapacidade Laboral dos Policiais Militares do Estado de Goiás (2019);

✓ Práticas de Cuidado das Equipes de Consultório na Rua para Mulheres que Vivem em Situação de Rua (2019);

✓ Maternidade, Violência e Relação com Drogas: uma revisão bibliográfica sobre mulheres em situação de rua (2019);

✓ SUS e Suas: o desafio da intersetorialidade no cuidado integral e proteção social de pessoas em situação de rua (2018-2019);

✓ Construção do Instrumento de Avaliação de Autonomia para o Mundo do Trabalho e Renda Junto à Tevista Traços para Pessoas em Situação de Rua (2018-2019);

✓ Práticas de Cuidado Produzidas pelas Equipes de Consultório na Rua no Distrito Federal (2015-2017);

✓ Competências para o Trabalho nos Consultórios na Rua (2015-2017).

 

Atividades de formação: 

✓ Construção do módulo “Populações em Situações de Vulnerabilidade” no Curso de Saúde Mental e Atenção Psicossocial no Contexto da Covid-19 (2020);

✓ Supervisão de residentes dos Programas de Residência Multiprofissional em Atenção Básica e em Gestão de Políticas Públicas em Saúde que atuaram no Plano Interinstitucional de Atendimento às Pessoas em Situação de Rua do Distrito Federal no Contexto da Pandemia de Covid-19 (entre julho de 2020 e fevereiro de 2021);

✓ Oferta da disciplina “A clínica junto às populações em vulnerabilidade” nos Programas de Residência Multiprofissional em Atenção Básica e em Gestão de Políticas Públicas em Saúde; 

✓ Oferta da disciplina “População em Situação de Rua: políticas públicas e serviços” no Mestrado em Políticas Públicas em Saúde (desde 2018);

✓ Realização de supervisão institucional com as equipes de Consultório na Rua (eCR) dos estados de Goiás (7 eCR) e Rio de Janeiro (24 eCR);

✓ Orientação e realização de trabalhos de conclusão de curso (TCC) de Especialização e dissertações de Mestrado.

 

Principais estratégias de disseminação dos resultados de pesquisa (2017-2020):

✓ Publicação da cartilha “Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia Covid-19: recomendação para os Consultórios na Rua e a rede de serviços que atuam junto com a população em situação de rua” e do livro “Recomendações e orientações em saúde mental e atenção psicossocial na Covid-19”, em parceria com o Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde (Cepedes/Fiocruz); 

✓ 2 projetos selecionados na primeira fase do Prêmio APS Forte no SUS – no combate à pandemia, iniciativa da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e do Ministério da Saúde (2020);

✓ Participação em mais de 15 lives e webconferências relacionadas ao tema das vulnerabilidades e saúde mental na Atenção Básica (2020);

✓ Organização do II Encontro Nacional dos Papeis de Rua, em parceria com a Revista Traços, a UnB e o Ministério do Desenvolvimento Social (2018);

✓ 21 trabalhos apresentados em congressos científicos nacionais e internacionais;

✓ 4 artigos científicos publicados em periódicos revisados por pares.

 

Coordenação

Marcelo Pedra Martins Machado 

Maria Fabiana Damásio Passos 

 

Equipe

Giulia Bedê Bomfim

Guilherme Augusto Pires Gomes

Maria Clara Morais Torquato

Stella Gomes Alves dos Santos

Thiago Monteiro Pithon

Os comentários estão desativados.