NUSMAD – Núcleo de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas

Fiocruz Brasília 20 de maio de 2018


* Crédito da imagem: Radilson Carlos Gomes (foto da frente); acervo do Museu do Inconsciente (imagem do fundo). Produção: Daniel Ledra

 

NUSMAD – Núcleo de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas

 

O Núcleo de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas da Fiocruz Brasília, criado em 2016, desenvolve ações de pesquisa, formação, desenvolvimento de tecnologias inovadoras para governança da implementação e monitoramento de políticas públicas, mediações tecnológicas integrando arte, mídia e conhecimento e práticas de cuidados em saúde mental. A missão do Núcleo é fortalecer a atenção psicossocial no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) por meio da articulação em rede de ações intersetoriais.  

 

Para o desenvolvimento das ações de pesquisas, são estabelecidas parcerias com diversas universidades brasileiras:  Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Atualmente, o Núcleo possui duas pesquisas aplicadas de caráter interdisciplinar, um processo formativo integrador da teoria e da prática nos territórios locais do SUS/GDF e ações conexas com o desenvolvimento de mediações para gestão e cuidado.  

 

MEMÓRIAS DA SAÚDE MENTAL: COMUNICAÇÃO, CULTURA E DIREITOS HUMANOS

Pesquisa de vertente sócio histórica longitudinal que priorizou os dispositivos das políticas públicas contemporâneas de Saúde Mental em suas interfaces com a garantia de Direitos Humanos e registros audiovisuais da trajetória cotidiana de um grupo de trabalhadores/usuários que protagonizam o cuidado em liberdade na região sudeste do Brasil. Projeto de resgate, guarda e difusão de histórias de vida da Reforma Psiquiátrica brasileira que inclui narrativas dos formuladores de políticas públicas, trabalhadores da atenção psicossocial, representantes do legislativo, dos movimentos sociais e usuários da saúde mental. Balizado pelos princípios da Ciência Aberta e da Ciência Cidadã, o acervo composto por fotografias e audiovisuais será disponibilizado publicamente em interface institucional (2020/2). Resultados parciais vem sendo apresentados em instalações multimídia, desde julho de 2018. Parceria interinstitucional com a TV Pinel (2017-20) e vínculo com a pesquisa de Avaliação do Programa de Volta para Casa. 

Morar em Liberdade – Saiba mais aqui 

 

 

RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE MENTAL, ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS

Formação na modalidade Latu sensu voltada para novos profissionais que atuarão na rede de atenção psicossocial, – visando a qualificação dos serviços de saúde mental por meio de ações de educação permanente. Atualmente, as práticas da Residência se concentram região norte do Distrito Federal e em Planaltina de Goiás. Parceria entre a Fiocruz Brasília, Ministério da Saúde e Secretarias de Saúde do Distrito Federal (DF) e territórios da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal (RIDE/DF).

 

 

CAMPANHA DE COMUNICAÇÃO SOBRE TUBERCULOSE NO SISTEMA PRISIONAL

Desenvolvimento de tecnologias para implementação e monitoramento de uma campanha de promoção da saúde com foco na tuberculose, composta por ações educativas e comunicacionais para a comunidade carcerária (profissionais de saúde e da área de segurança, apenados e familiares).  Pesquisa aplicada sobre a recepção e eficiência da mensagem das ações comunicacionais. Parceria firmada pela Fiocruz (2017) com a Coordenação de Saúde do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Segurança (Depen/MJSP) e cooperação técnica do Programa Nacional de Controle da Tuberculose do Ministério da Saúde (CGPNCT/MS).

https://www.facebook.com/prisoeslivresdetb/

Instagram: @prisoeslivresdetb

www.prisoeslivresdetb.com.br

 

PROJETO INOVA FIOCRUZ

O projeto realiza a articulação de três recursos no âmbito das estratégias de matriciamento em saúde mental na atenção básica, para o fortalecimento da produção colaborativa e do protagonismo de usuários e familiares dos Centros de Atenção Psicossocial – a construção de narrativas, a Gestão Autônoma da Medicação e as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde. Essas ações vinculam-se a territorialidade do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas da Fiocruz Brasília.

 

PARCERIAS

 

PLATAFORMA BRASILEIRA DE POLÍTICA DE DROGAS – PBPD

Rede para a atuação conjunta de organizações, coletivos e especialistas de diversos campos de atuação que busca debater e promover políticas de drogas fundamentadas na garantia dos direitos humanos e na redução dos danos produzidos pelo uso problemático de drogas e pela violência associada à ilegalidade de sua circulação. O Núcleo de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas integra a linha de Cuidado e Atenção da Plataforma desde 2019.

 

 

OBSERVATÓRIO DO CUIDADO

Plataforma virtual coordenada pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnologia em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Icict/Fiocruz), comprometida com a valorização das experiências e aprendizagens dos atores envolvidos nos projetos formativos financiados pelo Ministério da Saúde. Esta parceria teve como primeiro produto a publicação de um número especial do periódico Cadernos do Cuidado, intitulada Projeto Percursos Formativos: Explorando as Fronteiras de Novos Possíveis no Cuidado em Saúde Mental.

Acesse aqui

 

PESQUISAS E PROJETOS FINALIZADOS

 

PESQUISA “AVALIAÇÃO NACIONAL DO PROGRAMA DE VOLTA PARA CASA (PVC) E A DESINSTITUCIONALIZAÇÃO: O IMPACTO NA VIDA COTIDIANA DOS BENEFICIÁRIOS”

Pesquisa multiterritorial e multimétodos avaliou os efeitos do Programa de Volta para Casa (PVC) no processo de reinserção social de pessoas egressas de longos períodos de internação psiquiátrica. O PVC, instituído pela Lei no 10.708/2003, consiste em um auxílio pecuniário que pretende facilitar o processo de desinstitucionalização e reinserção social dos seus beneficiários. O estudo concentrou-se nas seguintes dimensões: o contexto e relações institucionais para criação e implantação do PVC; a mudança na vida das pessoas beneficiadas pelo PVC, principalmente aspectos da autonomia e contratualidade social; e o impacto sobre aspectos gerais da gestão do programa e o fortalecimento da política pública de saúde mental no contexto da Reforma Psiquiátrica brasileira. Como parte dos resultados da pesquisa, destaca-se a publicação de artigos na Revista Saúde e Sociedade (2019).  https://www.scielosp.org/article/sausoc/2019.v28n3/11-20/

 

CURSO SEMIPRESENCIAL DE APERFEIÇOAMENTO SAÚDE E SEGURANÇA NA ESCOLA

Formação semipresencial de Aperfeiçoamento “Saúde e Segurança na Escola” (2019), ação intersetorial de saúde, justiça e segurança pública com foco na promoção da saúde e na melhoria da qualidade de vida na escola e dos processos de aprendizagem. A abordagem dialógica concentrou-se na construção de estratégias de prevenção da violência e abuso de substâncias psicoativas. Iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP e Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas – SENAD) em parceria com a Fiocruz Brasília e com a Universidade de Brasília (UnB).

 

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL

Parceria com a Gerência de Saúde Mental do Distrito Federal com financiamento da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) para realização do estudo “Investigação sobre a implementação das estratégias de fortalecimento de protagonismo e garantia de direitos dos usuários nos CAPS” integrada ao escopo do Improving Program Implementation through Embedded Research – IPIER da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

COOPERAÇÃO TÉCNICA NA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL DE SAÚDE MENTAL ADULTO DO DISTRITO FEDERAL (SES-DF E FEPECS)

Parceria com a Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), órgão vinculado à Secretaria de Saúde do DF para o fortalecimento da construção teórico-prática na formação dos profissionais em residência.

 

COORDENAÇÃO


André Vinicius Pires Guerrero
| andre.guerrero@fiocruz.br | (61) 3329-4515 

EQUIPE

 

Barbara Coelho Vaz 

Cássia de Andrade Araújo

Clarissa Cabral Carneiro Leite

Cintya Azevedo Gonçalves 

Décio de Castro Alves

Graziella Barbosa Barreiros 

Fernanda Maria Duarte Severo 

Helena Fonseca Rodrigues

Jaqueline Tavares de Assis

June Correa Borges Scafuto 

Karine Dutra Ferreira da Cruz  

Nara Alves Vieira 

Raquel de Aguiar Alves 

Silvana Solange Rossi 

Yuri Javier Dias Aires Prado