Inscrições abertas para curso EAD Saúde e Segurança na Escola

Por: Fiocruz Brasília
18/06/2019

Nayane Taniguchi

 

Saúde é segurança na escola! A Fiocruz Brasília e a Universidade de Brasilia (UnB), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública realizaram, na manhã desta terça-feira (18/6), o lançamento do curso Saúde e Segurança na Escola, voltado para o fortalecimento da comunidade escolar. O curso em EAD abre inscrições, até dia 26 de junho, não só para os educadores da rede pública, mas também para demais atores de transformação social.

 

O Curso resulta de parceria entre a Escola Fiocruz de Governo da Fiocruz Brasília (EFG), o Programa de Estudos e Atenção às Dependências Químicas/PRODEQUI do Instituto de Psicologia da UnB (IP/PCL) e é uma iniciativa da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

 

A capacitação tem como objetivo formar educadores das escolas públicas para elaboração e implementação coletiva de um projeto de ações voltadas para o fortalecimento da comunidade escolar, no enfrentamento das situações de violência em contextos de risco pelo envolvimento com álcool e outras drogas. Outras informações sobre o curso estão disponíveis na Chamada Pública 05/2019.

 

Para inscrição no processo seletivo, clique aqui.

 

Curso Saúde e Segurança na Escola

O Curso apresenta uma proposta intersetorial para promover ações integradas de saúde, educação e segurança, na garantia das condições protetivas para a garantia de direitos de educandos de escolas públicas em territórios identificados de alta vulnerabilidade social, em decorrência da violência que atinge crianças e adolescentes.

 

No paradigma da Promoção da Saúde na Escola, serão fortalecidas ações institucionais e de intersetorialidade promovendo articulação entre diversas políticas com a finalidade de construção coletiva para a segurança e a melhoria da qualidade de vida de todos os atores da comunidade escolar.

 

O curso tem como foco a formação continuada dos educadores para a abordagem de um dos importantes fatores de risco associados à violência: o uso abusivo de álcool e outras drogas.

 

O curso, que disponibiliza um total de 8 mil vagas, é composto por cinco módulos, com 16 unidades temáticas e carga horária de 180 horas. As aulas serão realizadas entre os meses de agosto de 2019 e janeiro de 2020.