Fiocruz Brasília
  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

09/08/2018

Violência por parceiro íntimo é tema de cursos da UNA-SUS/UFSC


UNA-SUS

Universidade Federal de Santa Catarina, integrante da Rede UNA-SUS (UNA-SUS/UFSC), lançou mais dois cursos voltados à temática da violência e seus impactos sociais. Nessas novas ofertas, os alunos poderão aprofundar seus conhecimentos sobre a Violência por Parceiro Íntimo em uma Perspectiva Relacional de Gênero, e no Contexto Familiar.

Profissionais de saúde e demais interessados no tema podem se matricular até 31/12, pelo site.

As demais ofertas sobre o tema também estão disponíveis. Confira:

Violência por parceiro íntimo: definições e tipologias
Redes de atenção à violência por parceiro íntimo
Políticas Públicas no enfrentamento da violência por parceiro íntimo
Atenção a homens e mulheres em situação de violência por parceiro íntimo

Violência por parceiro íntimo e perspectiva relacional de gênero

O objetivo é propiciar uma reflexão consciente e fortalecer os conhecimentos e habilidades dos profissionais de saúde frente à violência de gênero. “Considera-se que os profissionais da atenção à saúde ocupam uma posição única para a identificação do problema, a prevenção e a assistência às pessoas em situação de violência nas relações entre parceiros íntimos”, afirma Carolina Bolsoni, conteudista do curso. 
Os conteúdos também reforçam a necessidade de equidade de gênero e a promoção dos direitos de homens e mulheres através da instrumentalização das ações dos profissionais da saúde que podem modificar essas relações de gênero desiguais, inclusive as que afetam a comunidade LGBT.
Espera-se com esse curso, contribuir com a qualificação dos profissionais de saúde através da reflexão sobre os diferentes aspectos que contribuem historicamente, socialmente e culturalmente para as desigualdades de gênero. 

Violência por Parceiro Íntimo no Contexto Familiar 

Tem como objetivo compreender a família como um sistema interacional de desenvolvimento humano, visibilizando os efeitos da violência no contexto familiar, assim como, apresentar ações de intervenção profissional e instrumentos que permitam a melhor aproximação à temática.
Este curso é um convite a todos os profissionais para pensar a violência enquanto fenômeno relacional, no contexto da dinâmica familiar. A proposta é apresentar ferramentas de reflexão e intervenção para o melhor acolhimento realizado pelas equipes que atendem famílias nessa situação.
É importante que a família seja compreendida como um sistema relacional dinâmico em que as situações de violência afetam todos os seus membros, nos diferentes estágios do ciclo vital. Os conhecimentos adquiridos neste curso contribuem para auxiliar os profissionais em uma maior aproximação do tema para intervir com famílias em situação de violência.

“Consideramos ser muito importante que os profissionais de saúde que trabalham com essa demanda conheçam e compreendam o contexto e funcionamento familiar, para que assim, possam ampliar seu leque de ações que sustentam o melhor acolhimento, atendimento e encaminhamento das famílias em situação de violência, considerando as peculiaridades presentes no processo que envolve a violência no sistema familiar”.

Fonte: SE/UNA-SUS
 

Voltar ao topoVoltar