Vem aí o evento mais contagiante da comunicação em saúde

Fernanda Marques 26 de agosto de 2022


Reserve a agenda: de 7 a 11 de novembro, a Fiocruz Brasília realiza o VII Seminário Nacional e III Seminário Internacional “As relações da saúde pública com a imprensa”, que, em 2022, traz como tema uma provocação. “Covid-19, o que a comunicação tem a ver com isso?” Para responder a esse questionamento, a programação do Seminário será dividida em cinco eixos – Comunicação e Ciência, Comunicação e Trabalho, Mídias Sociais, Comunicação Popular, e o Lugar e o Papel da Comunicação. Além de mesas que reunirão pesquisadores e profissionais para discutir os aprendizados da pandemia a partir de diferentes pontos de vista, o Seminário terá, ainda, minicursos, exposição de ilustrações, sessão científica e um desafio para estudantes de graduação. Os participantes das atividades receberão certificados pela Escola de Governo Fiocruz – Brasília. Promovido pela Assessoria de Comunicação da Fiocruz Brasília, o evento ocorre em formato híbrido, com atividades presenciais e transmissão pelo YouTube. 

 

As inscrições para o Seminário já estão abertas e podem ser feitas no Campus Virtual Fiocruz

 

Apresentar estudos e relatos de experiências sobre a interface Covid-19 e comunicação é o objetivo central da sessão científica, que está com inscrições abertas até 07 de outubro (data prorrogada). Os trabalhos selecionados serão apresentados na modalidade oral, dentro da programação do Seminário, de modo a proporcionar o intercâmbio de conhecimentos científicos e práticas entre instituições, movimentos sociais e público em geral. Confira aqui as instruções para participar 

 

Nas mesas, entre os temas que prometem instigar o debate, estão os desafios de comunicar evidências científicas sobre Covid-19; o papel dos divulgadores científicos; e a importância do planejamento estratégico e das soluções criativas para o diálogo nas mídias sociais, em especial quando o assunto é vacina. A potência das iniciativas de comunicação comunitária e seu impacto na promoção da saúde também estarão na pauta, assim como os desafios enfrentados pelos gestores para que a comunicação seja, de fato, estratégica e estruturante das relações entre as instituições de saúde e a sociedade. A saúde que se lê e se vê nos veículos de imprensa é outro assunto de destaque na programação do Seminário, que abordará, ainda, as condições de saúde dos profissionais que atuam nesses veículos. 

 

Além das discussões acadêmicas, o Seminário contará com atividades artísticas e culturais. Autores de charges, cartuns, caricaturas e tirinhas também são chamados a divulgar seus trabalhos durante o Seminário. Profissionais do Brasil e exterior podem inscrever suas obras com o tema Covid-19. As selecionadas por um júri técnico irão compor uma exposição de desenhos que ficará em cartaz na Fiocruz Brasília. Os trabalhos também ilustrarão um futuro e-book do Seminário e serão divulgados no Instagram da instituição: o mais curtido pelos seguidores da página estampará a capa do livro eletrônico. Confira o Regulamento aqui (Also available in English)

 

Os interessados poderão, ainda, se inscrever em minicursos. Um deles vai mostrar, de maneira simples e objetiva, como criar materiais de comunicação visual em saúde que gerem engajamento nas mídias sociais. Não é necessário nenhum conhecimento prévio no Canva ou em outra ferramenta para participar do minicurso “Design estratégico: hackeando a comunicação visual em saúde”, mas fique atento, porque as vagas serão limitadas! Clique aqui para conhecer a ementaO outro minicurso tem como tema ” Comunicação de risco: conceito e prática “e vai auxiliar os participantes a compreenderem como a comunicação pode auxiliar na tomada de decisão e  enfrentamento de uma ameaça à saúde.  A ementa pode ser lida aqui

 

Já o Desafio #VacinaSim é voltado para estudantes de graduação de universidades públicas e privadas localizadas no Distrito Federal. Podem participar alunos e alunas de qualquer curso ou período, distribuídos em três categorias (comunicação, saúde e outras). Equipes formadas por um integrante de cada categoria terão como missão elaborar um projeto de comunicação em saúde que contribua para aumentar as coberturas vacinais em um território do DF. As atividades terão início antes mesmo do Seminário, no dia 1º de novembro, em um encontro on-line no qual serão sorteadas as equipes e esclarecidas todas as etapas do Desafio. Os projetos elaborados deverão ser apresentados na sessão de encerramento do Seminário, no dia 11 de novembro, quando serão avaliados por um júri, com premiação da melhor equipe. Os autores da proposta vencedora receberão bolsas para executar e implantar o projeto, com supervisão dos profissionais da Assessoria de Comunicação da Fiocruz Brasília. A chamada pública do Desafio #VacinaSim será lançada no dia 26 de setembro. Anote esta data e participe! 

 

“O Seminário As relações da saúde pública com a imprensa chega a sua sétima edição nacional e terceira internacional, trajetória que lhe confere maturidade e reconhecimento científico devido aos grandes debates já promovidos, reunindo especialistas do Brasil e de outros países para discutir o papel, os desafios, os caminhos, erros e acertos da comunicação nos episódios sanitários de grande repercussão”, afirma o jornalista Wagner Vasconcelos, coordenador da Assessoria de Comunicação da Fiocruz Brasília. “Foi assim nas edições em que o evento abordou temas como febre amarela, H1N1, a tríplice epidemia (dengue, zika e chikungunya), o papel do SUS na mídia, o Aedes aegypti e as fake news. Não será diferente nesta edição, em que se faz oportuno e necessário refletir sobre a Covid-19 e suas consequências”, completa. 

  

Confira a programação preliminar do evento

 

Segunda-feira, 7 de novembro

9h às 12h: Minicurso 

14h às 18h: Mesa de abertura e conferência magna

 

Terça-feira, 8 de novembro

9h às 12h: Minicurso

14h às 15h30: A comunicação de evidências científicas sobre Covid-19

15h45 às 18h: O papel dos divulgadores científicos

 

Quarta-feira, 9 de novembro

9h às 10h30: Saúde do jornalismo

14h às 15h30: Mídias sociais – terra sem lei?

15h45 às 18h: Sessão científica

 

Quinta-feira, 10 de novembro

9h às 10h30: Impacto da comunicação comunitária

14h às 15h30: Vacinação nas mídias sociais

15h45 às 18h: Sessão científica

 

Sexta-feira, 11 de novembro

9h às 10h30: Desafios da comunicação comunitária

10h45 às 12h: Sessão científica

14h às 15h30: Gestão da comunicação em saúde

15h45 às 18h: Sessão de encerramento

 

As inscrições para o VII Seminário Nacional e III Seminário Internacional “As relações da saúde pública com a imprensa” já estão abertas e podem ser feitas neste link

 

LEIA TAMBÉM