Fiocruz Brasília
  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

09/03/2018

Fiocruz Brasília recebe comitiva do Ministério da Saúde do Paraguai


Cecília Lopes

A atuação da Fiocruz e de suas unidades na cooperação internacional em saúde, o contexto da criação do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz) e a programação científica do IX Ciclo de Debates sobre Bioética, Diplomacia e Saúde Pública foram os temas destacados na apresentação de José Paranaguá de Santana, assessor de Relações Internacionais da Fiocruz Brasília, ao grupo de técnicas do Ministério da Saúde e Bem-Estar Social do Paraguai integrantes da delegação que esteve em Brasília, na última quinta-feira (8/3). A visita à Fiocruz Brasília integrou a agenda de atividades do grupo.

“A atividade internacional está intrínseca às ações da Fiocruz desde sua criação. Com o passar dos anos foi se institucionalizando, e como ponto chave cito a criação do Cris/Fiocruz, em 2009, e a designação de profissionais em cada unidade para a assessoria internacional”, resumiu Paranaguá. Ele fez um breve relato sobre as áreas de trabalho de cada unidade da Fiocruz e suas vertentes de cooperação.

O assessor da Fiocruz Brasília esclareceu que as ações de cooperação internacional da Fundação são orientadas pela política externa brasileira, por meio das diretrizes do Ministério de Relações Exteriores e do Ministério da Saúde. “Estamos alinhados, inclusive, em nossa programação científica. Temos que ter o cuidado de discutir temas que sejam estratégicos para o Brasil na área internacional”.

Paranaguá, que além de assessor internacional, é coordenador do Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde (Nethis/Fiocruz Brasília), apresentou a programação do semestre do IX Ciclo de Debates do Nethis, construída em conjunto com a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN). As sessões são transmitidas pelo Facebook da Fiocruz Brasília e podem ser acompanhadas por outros países. Veja a programação completa aqui.

Agenda
A reunião na Fiocruz Brasília fez parte dos compromissos articulados pela Assessoria Internacional do Ministério da Saúde (AISA/MS) para que a equipe paraguaia pudesse conhecer instituições consideradas estratégicas e que desempenham atividades internacionais. Ainda na quinta-feira (8/3), no período da manhã, o grupo de técnicas esteve na Escola Fiocruz de Governo (EFG) para assistir a palestra sobre “Dinâmica de câmbio, “reformas” e desafios dos Sistemas de Saúde da América Latina nos últimos 40 anos”, com o sanitarista Eduardo Levcovitz.

Fotos: Nayane Taniguchi

Voltar ao topoVoltar