Fiocruz Brasília
  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

02/04/2018

Curso de iniciação a educação perinatal: um olhar sobre a saúde feminina


Mariella de Oliveira-Costa

Ciclos femininos, gestação, parto, resguardo, bebês, crianças, adolescentes, maternidade, paternidade, família, comunidade e violência contra a mulher. Estes temas fazem parte do conteúdo programático do curso de educação perinatal desenvolvido pelo mestrando em Políticas Públicas de Saúde Felipe Medeiros, durante seus estudos na Escola Fiocruz de Governo.

A dissertação do antropólogo foi apresentada em 28 de março e o curso já começa no próximo dia 17 de abril, na Fiocruz Brasília. O curso é direcionado para  mulheres com atuação comunitária, ligadas a movimentos sociais ou não e que foram selecionadas pelo potencial de multiplicadoras, em rodas de gestantes em suas comunidades, partilhando os aprendizados do curso em seu território.

A iniciativa é parte da parceria entre o Programa de Educação, Cultura e Saúde e o coletivo Eu Livre, grupo de mulheres que trabalham de forma autônoma com atendimento a partos domiciliares.  A prática dessas profissionais alia a medicina moderna e os saberes e práticas de cuidado à saúde oriunda de conhecimentos tradicionais.

O curso é restrito a um público específico de mulheres selecionadas pelos organizadores,  responde às necessidades educacionais de mulheres em processo gestacional, parto e pós-parto e que não são contempladas pelo pré-natal hospitalar, formando educadoras com foco de atuação comunitária. A prática pedagógica do curso é inspirada nas metodologias utilizadas pela Educação Popular em Saúde, cuja abordagem propõe rodas de diálogo e a desconstrução da relação vertical entre docentes e discentes.

Voltar ao topoVoltar